ANTES DE VIAJAR

1º Passo:

O primeiro passo para umas férias bem sucedidas passa pela selecção criteriosa da sua agência de
viagens.
Certifique-se que a sua agência é associada da APAVT, pois apenas estas são aderentes do Provedor do Cliente e, como tal, só os seus clientes beneficiam deste serviço. Consulte AQUI a lista de associados.

2º Passo:

Informe-se bem, junto do seu agente de viagens associado da APAVT, sobre o programa que vai efectuar e sobre o destino.
Este está especialmente habilitado para lhe dar todas as informações necessárias para o sucesso da sua viagem.
Dicas:
• Note, por exemplo, que a qualificação e a inerente classificação dos hotéis varia de destino para destino. Um 4-estrelas num determinado destino pode ser melhor que um 5-estrelas em Portugal, mas o inverso também é verdadeiro!!
• Note, por exemplo, que um “voo directo” pode implicar uma escala técnica ou operacional.
• Note, por exemplo, que na grande maioria dos casos o “all-inclusive” não tem associado o fornecimento gratuito de bebidas.
Quanto mais informado estiver, mais garantido é o sucesso da sua viagem.
O seu agente de viagens APAVT está preparado para lhe resposta às suas questões.

3º Passo:

Certifique-se que possui o número da apólice o nome da seguradora que garante a sua viagem, bem como o número da apólice de todos os seguros associados.
Dicas:
• Não facilite. Pergunte ao seu Agente de Viagens sobre os seguros disponíveis.
• Subscreva um seguro de cancelamento.

4º Passo:

Certifique-se que lhe são fornecidos, pela sua agência, contactos no destino caso necessite de alguma assistência local.


O MUNDO É SEGURO MAS EM PERMANENTE MUTAÇÃO. É FUNDAMENTAL QUE O ESTADO PORTUGUÊS SAIBA, EM CADA MOMENTO, SE HÁ CIDADÃOS NACIONAIS NUM DETERMINADO DESTINO. A SUA AGÊNCIA APAVT ASSEGURA ESSE REGISTO SE ASSIM O PRETENDER.

NO DESTINO

Na eventualidade de surgir algum contratempo no destino:

1º Passo:

Tente primeiro resolver localmente com o fornecedor do serviço e com o representante da agência/operador, através do contacto que lhe foi fornecido.
90% das situações podem ser resolvidas localmente.

2º Passo:

Persistindo a questão, contacte directamente a sua agência de viagens em Portugal. 70% das questões podem ser resolvidas pela sua agência.

3º Passo:

Se ainda assim o problema persistir, recolha o máximo de informação possível de modo a sustentar, documentalmente, a reclamação que terá de fazer depois de regressar.
Dicas:
• Reclame no local por escrito, e guarde cópia dessa reclamação, preferivelmente com prova de que foi recebida;
• Reúna fotografias, recibos de despesas que tenha eventualmente feito, cópia das reclamações apresentadas;
• Principalmente, desfrute na medida do possível do que pode ainda aproveitar da viagem e tenha a certeza de que, no regresso, será justamente compensado. Afinal está a falar com uma agência da APAVT.

DEPOIS DO REGRESSO

O que fazer?

Se tiver alguma reclamação, o Provedor do Cliente está à sua disposição. Note que a sua reclamação terá de ser apresentada no prazo máximo de 20 dias úteis após a data do regresso, sob pena de já não poder apreciada.

1º Passo:

Reúna todos os dados relativamente ao que o leva a reclamar;

2º Passo:

Deve juntar cópia da factura/recibo emitidos pela sua agência e a indicação do operador turístico que a organizou (quando aplicável) e a indicação da viagem;

3º Passo:

Preencha aqui o formulário e submeta a sua reclamação. Se preferir, poderá fazê-lo através do email provedor@provedorapavt.com ou do fax no 21 314 50 80.